Capela Nossa Senhora de Fátima

Preparação para o Natal

 

 
         No dia 15 de dezembro, no auditório Olímpio Marteleto do Mercado Central, será realizada pelo padre Elias a confissão anual coletiva, em preparação para o Natal.

:: Postado por Natália Lanza às 20h20
::
:: Enviar esta mensagem

     Adiversidade cultural é grande e bem clara entre as diversas religiões ali presentes, podendo-se notar o quanto é rico culturalmente o Mercado Central e, que ele está em uma perfeita harmonia religiosa.

Por Glauco Vargas/Cristiano Machado 

:: Postado por Cristiano às 11h32
::
:: Enviar esta mensagem

     Essa opinião também é compartilhada pelo vigário responsável pela realização da Eucaristia. Segundo Padre Elias é um país livre e democrático, onde todos devemos procurar a convivência em uma perfeita harmonia, independente da religião, pois somos todos iguais perante a Deus, não importando em que se acredita ou em quem.

:: Postado por Cristiano às 11h18
::
:: Enviar esta mensagem

     Quando à grnade variedade de produtos de diversas religiosidades e crenças  convivendo em um mesmo espaço, o presidente do Mercado Central, Senhor Macould Patrocínio, tem uma nopinião bem clara. Ele acredita qque essa mistura de pordutos de diversas religiões, juntamente com as missa católicas, tudo dentro de um mesmo espaço, seja de fundamental importância para o sucesso do Mercado. Com essa diversidade de culturas religiosas existentes aqui, conseguimos abrir espaço para todo mundo, sem discriminação alguma, independentemente da crença que cada pessoa tem.

Por Glauco Vargas/Cristiano Machado

:: Postado por Cristiano às 11h10
::
:: Enviar esta mensagem

     E não é só a religião católica que aproveita o espaço do Mercado para celebrar a sua fé. Não através de cultos, mas com a comercialização de produtos relacionados a religiosidade do homem. Podemos verificar em uma rápida volta pelos corredores do Mercado a vasta gama dessa mercadorias. A convivência é mutio respeitosa entre as várias crenças e religiões. Lado a lado convivem comerciantes que vendem produtos exotéricos, de camdomblé, livros sobre espiritismo, santos barrocos produzidos por artesãos e também por outras formas de se cultuar a fé, a venda de produtos como os cd´s, tanto cristão como evangelicos.

Por Glaugo Vargas/Cristiano Machado   

:: Postado por Cristiano às 10h59
::
:: Enviar esta mensagem

     Com a correria do dia-a dia das grandes cidades, acaba por difultar alguns hábitos cristãos até então realizados com muito mais facilidade. Muitos fiéis estão aproveitando as missas que são realizadas no domingo no Mercado Central para colocar sua religiosidade em dia.

Por Glauco Vargas/Cristiano Machado 

:: Postado por Cristiano às 10h47
::
:: Enviar esta mensagem

     Domingo, é dia de ficar até mais tarde na cama. Certo? Errado. Para os comerciantes, funcionários e moradores da região próximo do Mercado Central, domingo às 7h é a hora ideal de participar da celebração da Eucaristia, uma tradição cristã já consolidada no Mercado.

:: Postado por Cristiano às 10h38
::
:: Enviar esta mensagem

O MERCADO DA FÉ

     Camdomblé, Espíritas e Católicos. Essa convivência está na mais perfeita harmonia nos corredores do Mercado Central, ajudando a consolidar o sucesso de um dos melhores espaços de  cultura, lazer e conveniência de Belo Horizonte.  

 

 

 

 

 

 

 

 

:: Postado por Cristiano às 10h24
::
:: Enviar esta mensagem

Capela Nossa Senhora de Fátima

Fim de Ano

No próximo dia 18 será realizada a última missa de 2005, na capela do Mercado Central. As celebrações devem ser reiniciadas no último domingo do mês de janeiro de 2006.

:: Postado por Luciane Marazzi às 23h41
::
:: Enviar esta mensagem

Capela Nossa Senhora de Fátima

 

Natal

 

Um presépio foi montado pelos comerciantes no estacionamento do Mercado Central. Ele está localizado próximo aos caixas do estacionamento. Mais uma novidade para os freqüentadores do Mercado.

 

:: Postado por Luciane Marazzi às 23h33
::
:: Enviar esta mensagem

VISÃO DA IGREJA

     Segundo Padre Elias, pároco responsável pela realização das missas no Mercado Central, essa mistura de crenças e religiões, é muito importante pois proporciona, em um mesmo espaço, a possibilidade da livre manifestação de sua opção religiosa. Segundo ele, vivemos em um país democrático, onde cada todos têm direito de escolher e se manifestar sobre sua religião ou outro assunto qualquer, sem nenhuma recriminação ou discriminação.

:: Postado por Glauco às 09h25
::
:: Enviar esta mensagem

Capela Nossa Senhora de Fátima

Os responsáveis

 

Grande parte dos créditos para que a capela continue existindo se deve ao esforço e boa vontade do comerciante Heraldo Nelson Silveira e de sua esposa Marta responsáveis pela manutenção da mesma. “A persistência dos dois faz com que o projeto continue, mesmo com as dificuldades, juntamente com a fé e o apoio de voluntários” diz Maria Flávia, freqüentadora fervorosa da Capela.

 

                                              Foto: Luciane Marazzi

 

Heraldo e Marta: dedicação reconhecida

:: Postado por Natália Lanza às 20h38
::
:: Enviar esta mensagem

Capela Nossa Senhora de Fátima

Colaboradores

 

As missas na pequena capela têm sido, para muitos fieis, uma forma de reafirmar o compromisso de colaboração para o bom andamento das celebrações. O senhor Aldo de Oliveira, representante comercial e morador da Rua Goitacazes, semanalmente chega ao Mercado às 6h30 para providenciar a organização das cadeiras e distribuição de folhetos da celebração, tudo sempre com muita cortesia e atenção.

 

:: Postado por Luciane Marazzi às 20h38
::
:: Enviar esta mensagem

Capela Nossa Senhora de Fátima

Depois da missa

 

            Muitos freqüentadores assistem à missa para depois manter viva uma tradição que há várias gerações faz parte da história da capital: fazer compras no Mercado Central. Osvaldo Silva, 75 anos, morador do bairro Carlos Prates participa das missas quando precisa exercer alguma atividade no Mercado. “Saio mais cedo quando venho ao Mercado e participo da missa”. Segundo Ademir Lázaro da Silva, morador do bairro Sion, as pessoas que freqüentam o estacionamento e turistas sabem da existência da Capela, mas o fato da celebração acontecer apenas uma vez por semana dificulta a participação dos fiéis.

 

                                      Foto: Natália Lanza

 

Muitos fiéis ajudam na conservação da Capela.

:: Postado por Natália Lanza às 20h36
::
:: Enviar esta mensagem

Capela Nossa Senhora de Fátima

Os fiéis

 

O público que participa das celebrações religiosas é bem diversificado, assim como os freqüentadores do Mercado. Os jovens vão assistir à missa antes de irem ao trabalho e os idosos iniciam o domingo cumprindo os preceitos da Igreja. Os adultos levam suas crianças por não terem com quem deixá-las, e alguns comerciantes assistem à missa antes de iniciarem suas atividades, enquanto os moradores circunvizinhos preferem a celebração por se simpatizarem com o padre Elias. Existe ainda, a participação rotativa de visitantes e fieis que ficam sabendo da celebração através dos hotéis e do próprio site do Mercado.

                      Foto: Luciane Marazzi

Fiéis assistem à missa

 

:: Postado por Luciane Marazzi às 20h36
::
:: Enviar esta mensagem

Capela Nossa Senhora de Fátima

A História

 

Em 20 de junho de 1954 a Páscoa dos Comerciantes foi celebrada por Dom João de Resende Costa, nas escadarias da secretaria estadual de Saúde de Minas Gerais, hoje Minas Centro, pois não havia espaço físico dentro do Mercado para realização da mesma. No projeto de reforma do Mercado Central em 1964, até então Mercado Municipal de Belo Horizonte, estava previsto a construção de um estacionamento. Foi determinado então, que este local abrigaria a imagem de Nossa Senhora de Fátima, trazida de Portugal e doada em 1972 ao Mercado por Dª. Maria da Conceição de Moraes, comerciante portuguesa de frutas e verduras e freqüentadora dos festejos de Páscoa do Mercado, em agradecimento a uma graça alcançada. Desde então a virgem de Fátima passou a ser a padroeira do Mercado

 

                                             Foto: www.mercadocentral.com.br

Comemoração da Páscoa dos comerciantes do Mercado Central - Coroação de N. S. de Fátima

Virgem de Fátima: Padroeira do Mercado Central

:: Postado por Natália Lanza às 20h34
::
:: Enviar esta mensagem

Capela Nossa Senhora de Fátima

O Padre

 

O capelão responsável pela celebração das missas é o padre Elias Floriano. Segundo ele uma capela no Mercado Central vem destacar a importância da religiosidade popular e do cristianismo não só para os belorizontinos, mas também para os mineiros “o mais importante nas missas da capela é a transformação do encontro de pessoas, que já são consideradas como uma família, em um encontro pessoal com Deus”.

 

                                 Foto: Déa Tomichi

 

O padre Elias foi ordenado sacerdote em 1988, em Vespaziano, pelo então arcebispo de Belo Horizonte, Dom Serafim. Estudou Teologia e História na PUC Minas. Há treze anos celebra missas na capela do Mercado Central e na Igreja Nossa Senhora Aparecida, no bairro Alto Vera Cruz, onde é pároco, e há doze é vice-diretor da Escola Estadual Coração Eucarístico, no mesmo bairro. Apesar de adorar o trabalho com os jovens, ele prefere a vida sacerdotal. Por isso, não esconde manifestações de afeto quando fala das atividades que desempenha junto à comunidade, como confissões, celebrações de missas às 19h, exceto às quartas – feiras, acompanhamento de pessoas necessitadas, visita aos enfermos, hospitais, velórios e aos encarcerados. “O convívio tão próximo à comunidade é muito gostoso, especialmente com os jovens”.

 

    Marta Silveira, responsável pela provedoria da capela do Mercado junto com o marido Heraldo, diz que o padre Elias procura dar atenção especial a todos os que participam das celebrações. Após a missa, concede a benção aos que procuram, assiste aos que necessitam de atenção espiritual em horário especial, na paróquia, ampara os que sofrem com a perda de entes queridos, ministra a benção aos aniversariantes natalícios, de casamento, aos enfermos e às grávidas que darão a luz. Quando solicitado, abençoa os estabelecimentos que foram reformados ou serão inaugurados.

 

Na Capela Nossa Senhora de Fátima, ele participa ainda de confissões comunitárias, encontro de reflexões, procissão do Domingo de Ramos e da comemoração da páscoa dos comerciantes e fiéis do Mercado Central.

 

 

 

:: Postado por Luciane Marazzi às 20h33
::
:: Enviar esta mensagem

Capela Nossa Senhora de Fátima

Demonstração da tradição católica mineira no coração de Belo Horizonte

 

 

Aproximadamente 300 fieis por semana se reúnem para uma demonstração de fé no Mercado Central de Belo Horizonte. Localizada no estacionamento do local mais conhecido da cidade, segundo pesquisa da Belotur, a Capela de Nossa Senhora de Fátima reúne um público diversificado em suas celebrações. As missas são realizadas aos domingos às 7 horas da manhã.

 

                                        Foto: Luciane Marazzi

 

:: Postado por Natália Lanza às 20h07
::
:: Enviar esta mensagem

DIVERSIDADE RELIGIOSA

           Um dos grandes responsáveis pelo sucesso do Mercado Central, ao longo dos tempos, é a imensa variedade de produtos que se pode ali encontrar. Quando o assunto é religião e outras crenças, o Mercado não foge à regra.

           Em uma rápida visita ao Mercado Central nota-se a presença lado a lado de várias lojas com artigos da igreja católica, inclusive tendo uma capela onde se celebram missas, todo domingo, às 7h da manhã, produtos exotéricos, livros que tratam sobre espiritismo, candomblé e várias outras manifestações religiosas.

           Essa mistura faz com que o Mercado seja um espaço aberto para todos, sem discriminação de crença ou religião. Assim o espaço fica garantido para todos se manisfetarem e o principal, sempre um respeitando a religiosidade do outro.

:: Postado por Glauco às 10h36
::
:: Enviar esta mensagem

Blog dos alunos das disciplinas Novas Mídias e Processos e Técnicas de Jornalismo do curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo do Centro Universitário UNA, em BH/MG. Seu objetivo é apresentar as diversas manifestações religiosas que o Mercado Central de Belo Horizonte, local mais conhecido da capital mineira, abriga.

:: Postado por Luciane Marazzi às 21h58
::
:: Enviar esta mensagem

Meu Humor

Nome:
Idade:
Cidade:


Links

:: UNA
:: Blog Novas Mídias
:: Queijos e Cães
:: Mercado é chique, uai!
:: Competição dos bares
:: História do mercado
:: Flor e Artesanato
:: Site do Mercado Central


Votação

Dê uma nota para meu blog

INDIQUE ESSE BLOG

01/12/2005 a 31/12/2005

01/11/2005 a 30/11/2005


Créditos

Visitas